+55 (51) 3228-1999
05/01/0216
Como garantir um futuro sem sustos após as mudanças nas regras da aposentadoria
15/01/2014
FenaPrevi tem Novo Diretor Estatutário
10/03/2014
A União inicia trajetória positiva no mercado de seguros
05/05/2014
União Seguradora e SINBRAF assinam contrato
02/04/2015
55ª edição do Festival Hípico Noturno da Brigada Militar tem apoio do Grupo Aspecir
13/04/2015
Joaquim Levy ressalta a importância do Seguro na vida das pessoas
12/05/2015
Setor de seguros cresce 22,4% no ano
14/05/2015
Previc: normas para investimentos em infraestrutura devem sair em agosto
20/05/2015
Entenda a diferença entre seguro de vida individual e coletivo
25/05/2015
Ciência Atuarial tem ganhado destaque em casos de previdência complementar
27/05/2015
Setor de seguros cresce com novos consumidores
29/05/2015
Juros chegam ao recorde de 56,1% ao ano em abril, informa o BC
29/05/2015
Contribuições para planos abertos de previdência sobem em março, diz FenaPrevi
15/06/2015
Poupar cedo garante faculdade dos filhos
07/07/2015
Índice de Confiança do Setor de Seguros fecha o semestre em queda
14/07/2015
Limite de empréstimo consignado sobe de 30% para 35%
17/07/2015
Aspecir Previdência comemora 78 anos
23/07/2015
5 opções de empréstimo que costumam ter juros mais baixos
28/07/2015
Avança projeto que torna obrigatória carteira do corretor
28/07/2015
Aumento da Selic é um mal necessário, diz economista
11/08/2015
Susep aprova projeto que torna carteira do Corretor obrigatória
12/08/2015
União assina contrato com o MTG
14/08/2015
Grupo Aspecir assina contrato com Prefeitura de Viamão
19/08/2015
Rede privada suspende empréstimos consignados
21/08/2015
Plenário aprova prazo máximo de 30 dias para seguradoras pagarem indenização
24/08/2015
Os próximos vinte anos
28/08/2015
Segmento dos Seguros de Pessoas registra crescimento De 10,51%
11/09/2015
Apesar da crise, vendas de seguros seguem disparando
11/09/2015
Câmara aprova aumento de impostos para seguradoras
11/09/2015
Retirada urgência de projeto que cria a Banrisul Corretora de Seguros
11/09/2015
Contratação de Seguro para Eventos pode ser obrigatória
15/09/2015
9 proteções de seguros pouco óbvias que você tem de conhecer
15/09/2015
Seguros sobre riscos digitais vão triplicar a US$7,5 bi até 2020, atraindo concorrentes, diz estudo
15/09/2015
Com os juros do cartão em alta, saiba como escolher o crédito mais adequado ao seu bolso
15/09/2015
Grupo Aspecir na Semana Farroupilha
21/09/2015
Com crise, financeiras inovam e emprestam dinheiro pela internet
05/10/2015
Tradição e raízes são lembradas no 13° Troféu JRS
06/10/2015
Aspecir Previdência firma convênio com a FUSEPERGS
14/10/2015
Para onde caminha o mercado de seguros
28/10/2015
Seguro é a saída para fundos de pensão enfrentarem risco de longevidade
28/10/2015
Como se preparar financeiramente para grandes eventos
12/11/2015
JULIO MACHADO REPRESENTANTE DO MERCADO GAÚCHO NA CHAPA ÚNICA DA FENAPREVI
24/11/2015
56ª Edição do Festival Hípico Noturno

Mercado baixa expectativa de inflação e de alta do PIB em 2018


16/04/2018

Previsão dos analistas dos bancos para inflação deste ano caiu de 3,53% para 3,48%. Para o PIB, estimativa de alta passou de 2,80% para 2,76%.

Fonte: Alexandro Martello, G1, Brasília

As previsões do mercado estão no relatório de mercado, também conhecido como "Focus", feito com base em pesquisa realizada na semana passada pelo Banco Central com mais de 100 instituições financeiras. Os números foram divulgados nesta segunda-feira (16).
A previsão do mercado para a inflação em 2018 passou de 3,53% para 3,48% na semana passada. Foi a décima primeira queda seguida no indicador.
O percentual esperado pelos analistas continua abaixo da meta central que o Banco Central precisa perseguir para a inflação neste ano, que é de 4,5%. Entretanto, está dentro do intervalo de tolerância previsto pelo sistema, que considera que a meta terá sido cumprida pelo BC se o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficar entre 3% e 6%.
A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para alcançá-la, o Banco Central eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).
Para 2019, o mercado financeiro baixou sua expectativa de inflação de 4,09% para 4,07%. A estimativa do mercado está em linha com a meta central do próximo ano, de 4,25%, e também dentro da banda do sistema de metas (entre 2,75% e 5,75%).

PIB e juros

Para o resultado do PIB em 2018, os economistas dos bancos baixaram a previsão de crescimento de 2,80% para 2,76%. Foi a terceira queda seguida do indicador. Para o ano que vem, a expectativa do mercado para expansão da economia continua em 3%.
O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Em 2016, o PIB teve uma retração de 3,5%. Em 2017, cresceu 1% e encerrou a recessão no país.
Os analistas do mercado mantiveram em 6,25% ao ano sua previsão para a taxa básica de juros da economia, a Selic, ao final de 2018. Atualmente, a taxa está em 6,5% ao ano.
A redução na expectativa do mercado veio após o próprio Banco Central ter indicado que pode continuar reduzindo a taxa básica de juros nos próximos meses.
Para o fim de 2019, a estimativa do mercado financeiro para a Selic continuou em 8% ao ano. Deste modo, os analistas seguem prevendo alta dos juros no ano que vem.

Câmbio, balança e investimentos

Na edição desta semana do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2018 ficou estável em R$ 3,30 por dólar. Para o fechamento de 2019, permaneceu inalterada em 3,39 por dólar.
A projeção do boletim Focus para o saldo da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), em 2018, subiu de US$ 55 bilhões para US$ 55,8 bilhões de resultado positivo.
Para o ano que vem, a estimativa dos especialistas do mercado para o superávit avançou de US$ 45,8 bilhões para US$ 48 bilhões.
A previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil, em 2018, permaneceu em US$ 80 bilhões. Para 2019, a estimativa dos analistas ficou estável em US$ 80 bilhões.

Praça Otávio Rocha, 65 - 1º andar Centro Histórico de Porto Alegre/RS CEP.: 90020-140

+55 (51) 3228-1999